Prêmio AutomotiveINNOVATIONS 2016: Volkswagen é a marca de alto volume mais inovadora

Por: Redação

12 de maio 2016

A Volkswagen é uma das fabricantes de automóveis mais inovadoras do mundo. Isso acaba de ser confirmado pelos resultados do prêmio AutomotiveINNOVATIONS 2016. Ainda mais importante: a marca democratiza o progresso, porque assim que as inovações são incluídas em modelos de alto volume de vendas como o Golf ou o Tiguan elas se tornam acessíveis para milhões de pessoas.


O reconhecido prêmio AutomotiveINNOVATIONS é atribuído todos os anos pelo Center of Automotive Management (CAM – Centro de Gerenciamento Automotivo, em inglês), em colaboração com a firma de auditoria e consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC).  A Volkswagen obteve três primeiros lugares em 2016, nas categorias “marca de alto volume mais inovadora”, “sistemas de propulsão convencionais” e “carro conectado”. Além disso, a Volkswagen AG foi considerada como “grupo automotivo mais inovador” pela sexta vez consecutiva. A Audi, marca do Grupo VW, também obteve três primeiros lugares.

Dr. Frank Welsch, membro do Conselho de Direção da Marca Volkswagen responsável pela Divisão de Desenvolvimento, declarou em seu pronunciamento durante a entrega dos prêmios: “Especialistas independentes têm afirmado que, no futuro, 90 por cento das inovações nos produtos da indústria automotiva acontecerão nas áreas da eletrônica e eletricidade. Nós seguimos exatamente a mesma linha de pensamento.” Dr. Welsch continuou: “Os modelos da Volkswagen para o futuro irão reconhecer seu ambiente e comunicar-se com ele. Avaliarão situações e tomarão decisões inteligentes. Nós já temos muitos desses sistemas essenciais atualmente, a bordo de veículos como o Golf, Passat ou o novo Tiguan. Nós também demonstramos onde esse caminho nos levará com nossos carros conceituais, entre eles o T-Prime Concept GTE, recém-apresentado em Pequim. Uma coisa é bem clara: a atual onda de inovações leva a um novo padrão na mobilidade, que enriquece nossas vidas com seu significante avanço em termos de segurança, conforto e sustentabilidade. O prêmio AutomotiveINNOVATIONS destaca exatamente isto.”

O júri justificou a premiação na categoria “marca de alto volume mais inovadora” pelo fato de que, durante o período considerado, a Volkswagen desenvolveu 89 novos elementos, assim como a maioria das inovações, de qualidade especialmente elevada, incluindo 15 lançamentos mundiais. O foco foi nos modelos Tiguan, Touran e Sharan. As inovações consideradas mais importantes foram o Park Assist (assistente de estacionamento), a função City Emergency Braking (frenagem de emergência na cidade) e o assistente de engarrafamento de trânsito. O júri acrescentou: “A Volkswagen também apresentou o híbrido plug-in mais econômico na classe dos carros médios, com o Passat GTE*.”

A Volkswagen se mostrou à frente da concorrência com 20 inovações registradas entre as marcas de alto volume na categoria “propulsão convencional”. O júri declarou que, “por exemplo, a eficiência no consumo de combustível dos motores a gasolina e diesel utilizados no Sharan, Touran, Tiguan, Golf e Passat receberam notas muito altas.” E continuou: “isso significa que a Volkswagen foi capaz de reduzir o consumo em 18 por cento em relação ao seu antecessor, o Touran 1.4 TSI DSG**. Ele é agora de 5,4 litros por 100 quilômetros.”

A Volkswagen conseguiu um total de 47 inovações na categoria “veículo conectado”, em comparação com outras fabricantes indicadas para o prêmio. Extrato da comunicação oficial: “Sistemas de segurança, como os assistentes de estacionamento, frenagem e parada de emergência que são utilizados em várias linhas deram à Volkswagen o primeiro lugar na categoria ‘veículos interligados’ entre as marcas de alto volume.” O júri considerou que “o elevado número de 14 lançamentos mundiais foi marcante. Por exemplo, no caso do primeiro assistente de parada de emergência em um veículo de uso múltiplo (MPV), o Touran, e em um utilitário esportivo SUV), o Tiguan.”

O Centro de Gerenciamento Automotiva (CAM), localizado em Bergisch-Gladbach, é um instituto independente para pesquisa empírica de temas relativos ao automóvel e a mobilidade e promove amplos estudos a cada ano, em colaboração com a agência de consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC).