Oficina Louricar leva conhecimentos da mecânica através de Projeto Social

Ações pretendem desenvolver trabalho de inclusão social voltado para adolescentes da zona Sul de São Paulo, que buscam a partir da profissionalização uma oportunidade de emprego

Por: Redação

15 de setembro 2014

Proprietário da Louricar, Maurício Marcelino (esquerda) e sua equipe de reparadores

Estudos já elaborados comprovam que apenas a educação passada em sala de aula, não ensina crianças e adolescentes a se tornarem “grandes” cidadãos, e é neste ponto que as ações sociais têm complementado para o aprendizado de milhares de pessoas.

Visando promover a interação da educação profissional, social e tecnológica, os fundadores da Oficina Louricar decidiram criar um Projeto de Inclusão Social para adolescentes e adultos da comunidade carente de Vila Liviero, localizada na zona Sul da cidade de São Paulo.

Segundo o proprietário da Louricar e professor do curso técnico em Mecânica Automotiva no SENAI-Ipiranga (SP), Mauricio Marcelino, a ideia de contribuir para uma melhor formação profissional das pessoas no bairro em que atua começou durante uma conversa com mais dois colegas de profissão, Odair Millani e Vanderlei Flauzino.

“Após um diálogo com meus colegas reparadores, resolvi colocar o projeto em prática. Através de parcerias realizadas com empresas do setor automotivo, que forneceram materiais didáticos e até computadores, o programa pode ser viabilizado. Depois de um ano de ações sociais na Vila Liviero, tínhamos restaurado o estímulo pelo estudo de muitos jovens carentes e alguns deles hoje, já atuam no mercado da reparação de motores”, relata Mauricio Marcelino.

De acordo com o reparador, o objetivo desta iniciativa é apresentar aos interessados o mundo da mecânica automotiva, disponibilizando a oportunidade de conhecimentos técnicos sobre os sistemas de suspenção, transmissão de motores e injeção eletrônica.

Marcelino mostrando o funcionamento da peça para os jovens aprendizes

O projeto
O programa social, denominado de “Benedito Marcelino” (nome dado em homenagem ao falecido tio de Marcelino), foi criado no ano de 2001 e a princípio era desenvolvido no salão da igreja local. Na ocasião, Marcelino conta que as aulas sobre mecânica básica eram dividas em instruções teóricas (lecionadas no salão da igreja) e provas práticas (realizadas na oficina Louricar). No ano de 2002, o reparador informa que conseguiu a ajuda da Escola Municipal Leão Machado (SP), a qual disponibilizou espaço para a execução de novas turmas e ainda auxiliou na impressão de apostilas e certificados.

O empreendedor ressalta que, em 2009, o Projeto passou por uma reformulação e “mudou de cara”. O reparador também passou a contar com a ajuda do pai, Lourival Marcelino, sócio da Oficina Louricar, e o seu cunhado, especialista em injeção eletrônica, Emerson Teixeira.

Alunos do Projeto Benedito Marcelino na Oficina Louricar

“Inovamos e adotamos um novo modelo de instrução a ser aplicado durante os cursos, que além das aulas teóricas e práticas, os alunos também começaram a participar de, no mínimo, duas visitas técnicas em eventos do setor. Durante as aulas, executamos serviços em motores, chassis e caixas de câmbio. Os materiais utilizados para o aprendizado são sempre exclusivos do nosso programa de qualificação”, completa Marcelino.

O reparador ressalta que as inscrições são gratuitas, sendo realizadas na própria oficina. A seleção dos alunos é feita conforme a idade, porém com uma ressalva: “todos os participantes devem obrigatoriamente ter mais de 14 anos e estarem frequentando as aulas no colégio”. Para turmas de adultos, o reparador diz que não há limite de idade.

Presente no mercado da reparação desde 1991, a oficina Louricar realiza desde pequenos reparos no sistema de freios até montagem e desmontagem de motores.