CRM: sua utilização é extremamente importante para a tomada de decisões

Um software capaz de gerir todas as informações colhidas nos diversos pontos de contato com o cliente e tê-las facilmente acessíveis para tornar o relacionamento cada vez mais proveitoso chega ao mercado da reparação. Fantástico, não? Aproveite a matéria desta edição e turbine suas vendas

Por: Redação

Proprietário da Duda Auto Center, Alexandre Henrique Duda, apresenta o sistema
CRM à equipe do Notícias da Oficina

O CRM (Customer Relationship Management) é uma oportunidade para quem trabalha no mercado da reparação automotiva e deseja incrementar as vendas através do gerenciamento de produtos e serviços. Desenvolvido para ser um banco de dados, o software armazena uma quantidade infinita de informações que o dono da oficina nem sonharia.

Segundo o proprietário da Rede Duda Auto Center, Alexandre Henrique Duda, 39 anos, que possui três oficinas na região do ABC, em Diadema, Santo André e Piraporinha, a eficiência do CRM é algo impressionante e mudou a rotina de trabalho da sua empresa. “Identifiquei a necessidade que o mercado de reparação tinha neste aspecto [armazenamento de dados] e visualizei uma oportunidade de expandir meus negócios e reforçar meu relacionamento com o cliente através da utilização da ferramenta”, ressalta Duda.

O empresário revela que o segredo desta solução tecnológica está no cadastro, que deve conter a maior quantidade de dados possíveis, como e-mail, telefones, dados pessoais, controle de manutenções do veículo, últimas reparações realizadas, entre outras informações importantes que a própria oficina pode estabelecer quando adquire o software.

“A ferramenta traz inúmeros recursos que são parametrizados para atender a necessidade operacional do cliente. Sua grande semelhança com o Outlook reduz os impactos de aprendizado no uso da ferramenta. O sistema estabelece estatísticas sobre os produtos mais vendidos e até sugere a possibilidade de outros que possam ser oferecidos para aumentar a rentabilidade de clientes. Diariamente realizamos o mapeamento de todos os contatos já efetuados com o cliente, tornando esses dados disponíveis a todos na hierarquia da empresa. Assim, podemos entrar em contato com nossos clientes e orientá-los, por exemplo, sobre as próximas trocas de óleo, revisões, reparação de peças, etc. Enviamos também um SMS para confirmar o atendimento”, comenta Alexandre Duda.

O reparador reforça que também é necessário investir num profissional competente para gerenciar o programa, pois apesar da facilidade de acesso o software exige conhecimentos específicos.

“Este é um programa que muda drasticamente o dia a dia da oficina, tudo deve ser feito de maneira controlada e com muita atenção. Não é possível dar um “jeitinho”, para ele funcionar plenamente. Sem uma pessoa responsável por trás do sistema ele não funcionará sozinho. Por isso, a contratação de um profisisonal gabaritado é fundamental”, explica.

Para a gerente administrativa da Duda Auto Center, Mariana Vitkauskas, responsável pela gestão do software, o sistema é simples, porém é preciso entender como ele funciona.

“Não há segredos no CRM. Contudo, é preciso muita atenção no momento de alimentar o programa, pois ao inserir dados errados o sistema se tornará falho. Temos mais de seis dígitos para cadastrar novos clientes. Atualmente, estamos com cerca de 3.500 consumidores cadastrados em toda a rede”, informou Mariana.

O sistema foi implantando pela Ultracar para o controle administrativo e financeiro da Duda Auto Center. Segundo a empresa, o soft­ware possibilita uma visão geral da oficina mecânica, gerando uma economia de tempo e agilidade no atendimento, melhorando a qualidade nos serviços, otimizando os gastos, evitando reclamações e retrabalhos. A Ultracar informa ainda que o sistema também controla o estoque, eliminando a falta de peças, evitando desperdícios, garantindo a confiabilidade dos clientes e mantendo-os fiéis à oficina.