Capítulo 3: Normas de segurança para traba­lhos com componentes pirotécnicos

Por: Redação

Segurando rapidamente na cunha do fecho da porta ou no borne negativo da bateria é possível descarregar a eletrostática do corpo, evitando disparos involuntários das bolsas de airbag no momento do reparo

Como os airbags são componentes pirotécnicos, necessitam de normas de segurança exclusivas para que acidentes em reparos, armazenamento, transporte e descarte desses componentes sejam evitados. Segue portanto algumas dessas normas e instruções gerais para trabalhos com estes tipos de dispositivos:

• Para unidades de airbag não há intervalos de troca;

• EM HIPÓTESE ALGUMA VERIFICAR COM LÂMPADA DE PROVA, VOLTÍMETRO, OHMÍMETRO, MULTÍMETRO OU OSCILOSCÓPIO ALGUMA DESSAS BOLSAS;

• Para trabalhos em componentes pirotécnicos e na unidade de comando do airbag, o cabo de massa da bateria deve ser desconectado com a ignição ligada e sem ninguém dentro do veículo.

Este último com exceção para veículo com bateria no compartimento interno, neste caso não permanecer na área de atuação dos airbags. Em seguida, cobrir o polo negativo para evitar o contato involuntário do conector negativo do chicote com o polo negativo da bateria.

• Após a desconexão da bateria é necessário um tempo de espera de 10 segundos, garantindo que não haverá nenhuma tensão residual em algum componente do veículo no momento do reparo.

• Antes de manusear componentes pirotécnicos do sistema de retenção, por exemplo, a separação de conectores elétricos, ou mecânicos deve-se realizar uma descarga eletroestática do próprio corpo. Esta descarga consegue-se mediante ao toque em peças metálicas ligadas ao potencial massa da bateria, por exemplo: um toque rápido na cunha do fecho da porta ou então no próprio borne negativo da bateria, como mostra a ilustração ao lado:

• Após tocar em componentes pirotécnicos detonados, lavar as mãos.

• Componentes pirotécnicos não devem ser abertos, nem reparados. Sempre utilizar somente peças novas, pois caso contrário há perigos de ferimentos. Assim como componentes pirotécnicos que tenham caído sobre uma superfície muito dura ou que mostrem danificações em seu corpo não devem ser instalados.

• A instalação de componentes pirotécnicos deve ocorrer imediatamente após a retirada da embalagem de transporte e, em caso de interrupção do trabalho, o componente deve ser recolocado na embalagem.

• Componentes pirotécnicos não devem ser tratados com graxa, produto de limpeza ou semelhantes e nem serem expostos em curto prazo a temperaturas acima de 100°C.

• Unidades de airbag do condutor ou do passageiro devem ser armazenadas quando desmontados de tal forma que o lado estofado aponte para cima.

• Somente componentes pirotécnicos completamente detonados podem ser eliminados através do lixo comercial. Em caso de dispositivos não deflagrados, o reparador deve embalá-lo em uma embalagem original e enviá-lo ao fabricante.

• Antes de instalar um componente pirotécnico certifique-se que o polo negativo da bateria esteja desconectado. Depois do componente instalado, a ignição deve ser ligada, e o borne negativo da bateria deve ser conectado sem ninguém dentro do veículo. Esta operação garante a segurança do reparador, pois se algum equívoco ocorreu durante o processo de reparação, o airbag insuflará sem ninguém dentro do veículo.

• Para limpar o volante ou o painel de instrumentos, pode-se utilizar um pano seco ou umedecido com água. Nunca limpe o painel de instrumentos e a superfície dos módulos dos airbags com produtos de limpeza ou similares, pois eles atacam o material e tornam as superfícies porosas. Em caso de acionamento dos airbags, poderão ocorrer lesões consideráveis devido às peças de plástico que se soltam.

• Não devem ser colocados quaisquer objetos como, por exemplo, suporte para bebidas, telefone móvel, GPS (sistema de posicionamento global) na cobertura dos módulos do airbag ou próximos a eles. Em caso de acionamento do airbag, esses objetos serão descontroladamente projetados no interior do veículo e podem atingir os ocupantes causando lesões graves ou até fatais.

• As peças do sistema de airbag não podem ser submetidas a quaisquer modificações.