Fluido de Freio original Volkswagen qualidade e segurança para seu veículo

Parceria entre Volkswagen e Petroplus/STP traz produtos de alto desempenho

Por: Redação

Em 2012 a Petroplus/STP estará completando 5 anos de parceria com a Volkswagen e sua rede de concessionários.

Esta parceria consiste em levar os produtos e serviços originais homologados pela engenharia da Volkswagen.

Hoje, os principais produtos fornecidos são o AG2000, responsável pela limpeza completa do sistema de combustível para veículos abastecidos com gasolina, sem a necessidade de desmontagem do mesmo, e também a Oxi-Sanitização, processo revolucionário que higieniza o habitáculo interno do veículo, eliminando fungos, ácaros e bactérias dos bancos, carpete, teto, tapetes e também do sistema de ar condicionado.

Além disso, a Oxi-Sanitização também remove odores no interior do veículo que podem ser provenientes de uso severo, transporte de animais, uso de cigarro, entre outros.

Em 2011 a Petroplus / STP conquistou um importante prêmio: foi o melhor fornecedor na categoria Pós-Vendas no Supply Awards de 2010, pela qualidade no fornecimento dos seus produtos e no serviço prestado à rede Volkswagen.

Neste momento, estamos iniciando o fornecimento de fluido de freio para Volkswagen. A seguir estaremos compartilhando informações relevantes sobre este item.

Importância do Fluido de Freio

Todos sabemos que o sistema de freios é um dos itens mais importantes no tocante a segurança dos veículos.

O fluido de freio é responsável por transmitir a força aplicada nos pedais até o disco de freio ou tambor das rodas. A sua qualidade e sua manutenção adequada irão garantir que as respostas às frenagens sejam mais rápidas e seguras. O fluido de freio é higroscópico, ou seja, ele absorve facilmente a umidade. Este acúmulo de umidade ocorre no reservatório do fluido que também fica em contato direto com o ar (devido ao respiro na tampa). Com o passar do tempo, há um aumento na quantidade de água nesse fluido. Essa água pode causar dois tipos de problemas: o primeiro, é a oxidação de vários componentes que causa a diminuição da vida útil das peças do sistema de freio; o outro problema, é a diminuição do ponto de ebulição, pois apenas 1% de água misturada no fluido pode baixar até 50°C o ponto de ebulição.

 Na prática, isso significa que em situações de uso intenso do freio, o fluido pode ferver e o pedal baixar, resultando na falta de resposta do sistema quando acionado. Geralmente é o que comumente ocorre nas “descidas de serra”, onde o sistema é exaustivamente usado e nota-se perda em seu desempenho. O fluido de freio original Volkswagen é o produto no mercado que apresenta um dos maiores pontos de ebulição, chegando a até 265°C quando seco. Isso significa muito mais resistência, tanto para o uso cotidiano dos veículos, como para situações extremas, trazendo maior segurança para os usuários dos veículos Volkswagen.

Por que utilizar produtos Originais Volkswagen?

Quando usamos produtos homologados originais, temos certeza que todos os testes necessários para aprovação foram realizados de acordo com os mais avançados controles de qualidade e rigor tecnológico, e que as normas de certificações estão sendo obedecidas, assim não teremos problemas futuros.

No momento da manutenção do seu veículo, o usuário deve atentar para que todas as peças sejam originais. Somente desta forma poderá garantir o seu melhor desempenho e evitar custos desnecessários com o veículo parado e com novas manutenções.

Qualidade do Fluido de Freio

O fluido original Volkswagen, devido a sua viscosidade em baixar temperaturas, é o produto no mundo que apresenta o melhor desempenho para sistemas de controle eletrônicos de frenagem e estabilidade como o ABS. ASP, ESP/DSC.

A melhor opção em termos de qualidade e segurança para o seu veículo.

O fluido de freio foi formulado a partir de éteres de glicol e contém inibidores de corrosão e antioxidantes altamente eficazes, o que proporciona uma excelente proteção aos componentes ferrosos e não ferrosos do sistema de freio.

Recomendações

Não é recomendada a mistura do fluido original Volkswagen com outros fluidos, bem como a adição pura de água no sistema em uma eventual necessidade de reabastecimento do reservatório.

Como armazenar

O fluido de freio original VW é o único no mercado automotivo fornecido em embalagem metálica, o que garante total proteção contra a umidade e contaminação do fluido. O mesmo deve ser armazenado em local fechado e limpo.

Quando trocar?

A substituição do fluido do freio deve ser realizada a cada 2 anos, independente dos serviços que serão executados. É importante esta troca, pois o fluido de freio com mais de 2 anos de uso, pode provocar a formação de bolhas no sistema de frenagem e, consequentemente, falha dos freios com risco de acidentes graves.

Como trocar?

Para trocar o fluido do freio é necessário, primeiro, remover o fluido antigo do sistema e, depois, sangrar o sistema do freio, após reabastecer com fluido novo, para remover o ar contido em seu interior.

Cuidado ao manusear o fluido de freio, pois este é ácido e, em contato com a pintura do veículo, pode danificá-la. Não reutilizar o fluido de freio usado que será retirado do veículo e descarte-o de forma adequada.

Utilize o seguinte procedimento recomendado para a troca do fluido:

Remova a tampa do reservatório do fluido de freio e retire o máximo de fluido possível. Para facilitar este trabalho, pode-se utilizar algum equipamento de aspiração de líquidos.

Abasteça o reservatório com fluido novo até a marca do nível máximo.

Realize a sangria do sistema do freio, seguindo os próximos passos e iniciando pela roda traseira direita, que é a mais distante do cilindro mestre (é importante seguir esta sequência).Utilize um recipiente com capacidade mínima de 2 (dois) litros para coletar o fluido e uma mangueira de plástico transparente para conectar o recipiente ao parafuso de sangria. Recomenda-se a utilização de uma bomba de vácuo conectada ao parafuso sangrador da roda ou uma bomba de pressão adaptada à tampa do reservatório do fluido.

Pressione o pedal do freio e mantenha-o pressionado utilizando um calço entre o banco do motorista e o pedal.

  1. Remova a capa de proteção do parafuso de sangria do freio da roda e instale uma ponta da mangueira transparente na parte de trás do parafuso de sangria, ligando a outra ponta ao recipiente para a coleta do fluido.
  2. Se utilizar a bomba de vácuo, conecte a mangueira à bomba e esta ao recipiente.
  3. Abra o parafuso de sangria e bombeie até sair apenas fluido novo e sem bolhas de ar (cerca de 0,25 litro).
  4. Aperte o parafuso de sangria e recoloque a capa de proteção.
  5. Repita os passos 5 a 7 para a roda traseira esquerda, em seguida para a roda dianteira direita e, por último, para a roda dianteira esquerda.
  6. Durante o processo de sangria, é importante cuidar para não faltar fluido no reservatório, caso contrário ocorrerá novamente entrada de ar no sistema.
  7. Complete o nível de fluido no reservatório, se necessário, e recoloque a tampa.

Em veículos equipados com embreagem com acionamento hidráulico, será preciso sangrar também o circuito da embreagem. Para isso, remova a tampa de proteção do parafuso de sangria do pistão acionador da embreagem e conecte a mangueira de coleta do fluido a ele. Solte o parafuso e sangre aproximadamente 0,1 litro. Reaperte o parafuso de sangria e recoloque a capa de proteção. Acione várias vezes o pedal da embreagem. Pronto!