Banco e Fundação Volkswagen apoiam Instituto Baccarelli

Instituto atende jovens carentes da comunidade de Heliópolis

Por: Redação

Segundo o Banco Central, o Banco Volkswagen é o maior do Brasil. Isso o credencia a apoiar diversas causas e projetos socioculturais. A partir de 2012 a organização é incentivadora e uma das mantenedoras do Instituto Baccarelli, uma entidade sem fins lucrativos que fica no bairro de Heliópolis, na zona sul de São Paulo.

Na associação, 1.300 jovens e crianças são beneficiadas com aulas teóricas e técnicas, prática em três orquestras, 26 corais e três grupos de câmara. Em conjunto com a Fundação Volkswagen, o Banco vai ajudar na manutenção dessa estrutura.

O maestro Isaac Karabtchevsky regerá espetáculos diferentes apresentados pela Sinfônica Heliópolis, até o final de 2012. Os concertos acontecem na Sala São Paulo. Apenas o mês de agosto será diferente. A Sinfônica tocará no Teatro Municipal e será regida por Zubin Mehta, patrono da orquestra.

“O Instituto Baccarelli realiza um trabalho exemplar com as crianças e jovens da comunidade de Heliópolis, unindo o acesso à riqueza cultural da música, com a possibilidade de profissionalização nesta área. O Banco Volkswagen acredita na abrangência e importância destas ações, e nos sentimos orgulhosos de podermos fazer parte desta parceria”, acrescenta Décio C. de Almeida, diretor-presidente do Banco Volkswagen.

Na composição da Sinfônica, 80 músicos foram formados no Instituto Baccarelli. A Sinfônica já foi regida por maestros renomados como Peter Gülke e Yutaka Sado, e teve participação de famosos solistas e cantores brasileiros. A carreira internacional da orquestra se iniciou em novembro de 2010, quando a Sinfônica de Heliópolis se apresentou no Festival de Beethoven, na Alemanha.

O Banco Volkswagen também apoia a prática esportiva. Desde 2011 a instituição financeira tornou-se parceira do GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), além de patrocinar o projeto Basquete sobre Rodas, que incentiva a prática do esporte entre cadeirantes.

O Banco ainda patrocinou na área cultural, os musicais O Quebra Nozes e Hair (ainda em cartaz), e a peça Conversando com Mamãe.

Próximos concertos:

 23 de junho, às 21h – Sala São Paulo – Isaac Karabtchevsky (regência) com Jovens Solistas do Instituto Baccarelli

22 de agosto, às 21h – Theatro Municipal – Zubin Mehta (regência) e

Julian Rachilin (violino)

22 de setembro, às 21h – Sala São Paulo – Isaac Karabtchevsky (regência) – “Ópera em Concerto”

3 de novembro, às 21h – Sala São Paulo – Isaac Karabtchevsky (regência) e Quaternaglia (quarteto de violões)

21 de dezembro, às 21h – Sala São Paulo – Isaac Karabtchevsky (regência) – Programa Especial de Encerramento