Acelerador eletrônico Volkswagen: conforto, segurança e consciência ambiental

O sistema de acelerador eletrônico VW é responsável por proporcionar maior segurança, conforto e redução na emissão de poluentes

Por: Redação

Acelerador Eletrônico

Em nosso dia a dia, várias são as situações em que necessitamos conduzir o veículo de formas diferentes.

Ultrapassagens, subidas muito íngremes e condução com motor frio, são algumas das condições que o acelerador eletrônico demonstra o seu diferencial.

O que podemos notar em comparação ao sistema convencional é a redução de trancos, torque eficiente no momento certo, redução do consumo de combustível e redução na emissão de poluentes.

Funcionamento

Quando o motorista acelera, não imagina tudo o que envolve essa simples ação.

Sistema E-GAS

Ao pisar no acelerador, o sistema eletrônico é responsável por detectar o desejo do motorista e assimilado a outras detecções dos sensores captados pela UCE (Unidade de Controle Eletrônico), transformando esses sinais em uma resposta adequada à solicitação do motorista.

Ao ser pressionado, a posição do pedal é detectada por dois potenciômetros opostos localizados no acelerador. O sinal correspondente a essa aceleração é enviado para a UCE (Unidade de Controle Eletrônico), que interpreta e analisa juntamente com outras informações captadas do veículo, como por exemplo, temperatura do motor, em qual rotação ele se encontra e qual a pressão atmosférica, mandando o sinal para a borboleta de aceleração se abrir, proporcionando a entrada da mistura ar-combustível necessária para a aceleração desejada pelo motorista.

Além da aceleração do veículo, a abertura da borboleta controlada eletronicamente também permite que a marcha lenta se torne mais estável e ainda em uma rotação menor, preservando a vida útil do motor, tornando-o mais eficiente.

Vantagens do sistema

Podemos citar muitas vantagens em comparação ao sistema convencional. A tecnologia do sistema E GAS da Volkswagen, proporciona:

  • Consumo de combustível reduzido em comparação ao sistema convencional devido a utilização de apenas a quantidade de combustível necessária para a aceleração solicitada pelo condutor;
  • Desempenho otimizado por aproveitar melhor todas as variáveis de funcionamento do motor, considerando as informações enviadas pelos outros sensores do sistema que informam a UCE, responsável por comandar as melhores ações para cada instante;
  • Controle total das acelerações, evitando acelerações bruscas utilizando o torque de maneira coerente, eficiente e sem excessos de combustível na mistura;
  • Marcha lenta mais baixa, otimizando consumo de combustível e vida útil do motor;
  • Retomada de acelerações mais eficientes, devido ao E GAS “entender” que o motorista precisa de uma maior aceleração naquele momento facilitando ultrapassagens, subidas muito íngremes e outras condições avaliadas;
  • Sistema eletrônico mais confiável e preciso, pois a borboleta de aceleração é fabricada com sistema blindado, não permitindo interferências externas.

Não é recomendado o reparo destes componentes, apenas a troca do item avariado.