Geometria de suspensão e desgaste de pneus

Por: Redação

Como identificar as causas de desgaste de pneus relacionadas a ângulos de suspensão incorretos e por que estes ângulos não são sempre retos?

São três os principais ângulos de suspensão que podem provocar desgaste irregular nos pneus e interferem diretamente na dirigibilidade do veículo: convergência ou divergência, câmber e cáster.

Mas, em primeiro lugar, vamos entender a interferência destes ângulos no comportamento do veículo. É importante compreender que os ajustes de alinhamento são sempre efetuados estaticamente (com todos os componentes parados) para que dinamicamente (com o veículo em movimento) passem a ter um comportamento previsto pela engenharia em projeto. Por isso, é preciso conferir, antes de realizar um alinhamento, quais os ângulos recomendados pela VW, informados no manual do proprietário de cada veículo.

Convergência ou divergência

Convergência (em curva)

Divergência (em curva)

Quando as rodas estão apontando em direção à linha de trajetória uma da outra, dizemos que estão convergentes. Quando apontam em direções opostas, dizemos que estão divergentes.

Convergente – Um ajuste de alinhamento convergente torna o veículo mais estável em linha reta, pois a roda do lado para onde o veículo foi direcionado ficará reta e somente depois inicia o direcionamento do veículo, assim o movimento é mais lento e permite absorver irregularidades ou pequenos movimentos sem tirar o veículo da trajetória.

Divergente – Já o ajuste divergente dá maior agilidade para entrar em curvas, justamente pelo comportamento oposto ao divergente, ou seja, a roda do lado interno já está apontada para a curva, então a resposta ao movimento do volante é mais rápida.

Câmber

Câmber

Câmber é o ângulo do eixo vertical da roda em relação ao solo. O ajuste da cambagem é determinado visando obter a melhor área de contato da banda de rodagem do pneu com o solo, de acordo com os movimentos da suspensão e rolagem da carroceria. A cambagem pode ser negativa e, em curvas, inclinar-se a fim de ter a banda de rodagem do pneu do lado externo à curva (ponto de apoio) totalmente apoiada no solo.

No entanto, o ajuste será determinado pela montadora de acordo com a proposta do veículo, que pode ser esportiva, ou seja, terá maior esforço lateral em curvas, ou de veículo urbano, que exige pouco trabalho da suspensão em curvas e prima pela economia de combustível.

Cáster

Cáster

É a inclinação da linha vertical imaginária traçada entre os pontos de apoio da manga de eixo, olhando o veículo pela lateral. Se a parte inferior da linha estiver à frente da superior, o cáster é positivo, se estiver atrás, é negativo.

Quanto mais para positivo, maior a tendência de a roda se manter em linha reta, assim aumenta-se a estabilidade nestas condições; no entanto, também será maior o esforço necessário para esterçar, por isso, fique atento, já que um mesmo veículo pode utilizar medidas de cáster diferentes quando equipado com direção hidráulica ou mecânica.

Pressão Alta e Pressão Baixa

Agora, que você já conhece os principais ângulos de direção e sua influência no comportamento do veículo, veja como identificar qual deles pode estar fora das especificações do fabricante através do desgaste irregular dos pneus.

Lembre-se que em toda troca de pneus ou componentes de suspensão, assim como a cada seis meses ou 10 mil km rodados, deve ser verificado o correto alinhamento, a fim de evitar o desgaste prematuro dos pneus e componentes da suspensão e ainda evitar interferência no consumo de combustível e manter a dirigibilidade do veículo, garantindo a segurança.

Excesso de convergência ou divergência e Cambagem incorreta

O desgaste por excesso de convergência ou divergência acontece nas bordas externas da banda de rodagem, pois o pneu arrasta lateralmente.

A diferença para o desgaste por cambagem incorreta causa um desgaste que provoca a deformação da banda de rodagem, fazendo com que ela ganhe um desenho inclinado na posição em que trabalha.

No desgaste por calibragem incorreta dos pneus, o desgaste acontece no centro da banda de rodagem, quando a pressão está acima do recomendada pelo fabricante, e nas duas bordas, quando está abaixo.