Dia 20 de dezembro é Dia do Mecânico

O futuro depende da qualificação

Por: Redação

No dia 20 de dezembro é comemorado o Dia do Mecânico. Considerada, mais do que nunca, a profissão do futuro, principalmente pelo aumento na venda de veículos nos últimos anos, é hora do reparador se preparar e buscar qualificação e profissionalização, pois a todo momento surgem novas tecnologias e inovações, ainda mais sofisticadas.

É fato: o mercado automotivo está em crescimento e isso trás mais demanda, mais negócios e muito mais trabalho. Segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), estima-se que até 2015, haverá mais 6 milhões de veículos nas ruas.

Uma pesquisa inédita realizada pela CINAU (Central de Inteligência Automotiva) revelou que 97% dos empresários da reparação entrevistados afirmam encontrar dificuldade em contratar funcionários, sendo que a falta de qualificação é a principal razão, com 97% das respostas.

Para presidentes dos Sindirepa, a necessidade de profissionais qualificados, não somente com experiência, mas com atualizações constantes sobre as novas tecnologias já é sentida no nas oficinas. “A capacitação e aperfeiçoamento são fundamentais para que o mecânico tenha condições de se manter no mercado. O Sindirepa-SP entende que o futuro da reparação depende da qualificação dos profissionais”, disse Antônio Fiola, do Sindirepa São Paulo

Wilson Bill, do Sindirepa Paraná também concorda. “O reparador tem que estar sempre em busca de novos treinamentos, participar de palestras, fóruns de debates do setor, eventos e feiras setoriais para se manter atualizado. Vamos ter mais demanda, principalmente onde a inspeção técnica veicular já é realidade”, disse.

Para se qualificar, existem institutos e treinamentos especializados, com referências no mercado automotivo e do MEC, e que oferecem cursos pagos e gratuítos em todo o Brasil. Saiba onde encontrar:

Senai:

O Senai oferece cursos de formação continuada, voltados a profissionais que já atuam na área e buscam aperfeiçoamento e especialização. Informações no www.senai.br

Etecs e Fatecs:

Em São Paulo, o Centro Paula Souza, que administra as Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades Técnicas (Fatecs), oferece gratuitamente cursos técnicos profissionalizantes em Automobilística. Informações: www.centropaulasouza.sp.gov.br

Cefets:

Os Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets) estão em 21 estados da União. Site: www.mec.gov.br

RTA:

A Rede Técnica Automotiva oferece gratuitamente treinamentos à distância. Os cursos são transmitidos via satélite para reparadores, em pontos fixos em todo o Brasil. Informações: www.oficinabrasil.com.br/rta

Universidade do Mecânico:

Programa nacional de treinamento à distância e gratuito. Site: www.umec.com.br

Graduação:

Para quem já possui ensino médio completo e deseja ter diploma de engenheiro, as opções são bastante variadas, como os cursos de engenharia mecânica do Centro Universitário da FEI (com ênfase em Automobilística), da Escola de Engenharia de São Carlos e da Escola Politécnica, ambas da USP, do Instituto Mauá de Tecnologia e da Universidade Federal de Minas Gerais.

Tags |